Início » Uncategorized » Recado à patrulha da felicidade

Recado à patrulha da felicidade

Batendo um pouco a poeira em que deixei esse blog. Entretanto ainda são as mesmas questões do passado que persistem no presente.

Nesse meio tempo, permiti que a minha esperança e minha fé ficassem desmedidas demais. Tanto, até o ponto de tornarem-se ilusões. E eu passei a esperar demais da vida, que ela fosse boa, generosa e tudo mais. Imagine, até voltar a rezar eu voltei.

No entanto, como diria uma amiga, “a vida” nunca será do jeito que eu quero e tão pouco do jeito que não quero. Ela tá se “fudendo” para o que a gente pensa dela, porque como diria Nelson Rodrigues, ela apenas é. E por ter perdido isso de vista, me frustrei! Consequência: fé e esperança de volta na gaiola.

Houve quem dissesse para mim que eu não cometesse essa autopunição de deixar a minha fé e a minha esperança de castigo, de que quando as coisas não acontecem é para o meu bem, de que apenas eu é que sou responsável pela minha felicidade e que todas as respostas estão presentes em mim, de que o universo e as energias dos astros blá, blá, blá…

Certo, ok, unrum…

Como diria Renato Russo na sua música Via Láctea (a quem tenho tido ultimamente muita identificação): “Queria ser como os outros e rir das desgraças da vida ou fingir estar sempre bem. Ver a leveza das coisas com humor”, mas eu, amigo/a, não consigo ser assim, valeu?

Isso não significa que eu vá deixar de rir, amar, brincar, sonhar e de ter momentos legais… Agora, eu vou fazer tudo isso sem perder de vista o meu choro, as minhas angústias, as desilusões…

Se ofende dizer, me desculpem, mas ultimamente eu estou puto com a vida, beleza?

E neste momento vou fazer o que for possível fazer sem ter que acreditar que vai dá tudo certo e que tudo vai ser lindo, ou se não aconteceu é porque deus, o universo e o escambau acha que não é o melhor para mim. Agora é assim: Deu certo, ótimo. Não deu, vou sim chorar (por quanto tempo eu achar que deva ser) minhas pitangas. Posso?

Anúncios

2 Comentários

  1. suzana disse:

    Não só pode como Deve!!! Bom te ver escrever sentimentos!!!! Beijooooooooooooo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: